Mulheres bancam detetives, veem traição 'no detalhe' e bombam na web

2021-12-31 14:31:57 By : Ms. Sue Sue

Colaboração para o UOL, em São Paulo

Cada vez mais mulheres têm usado as redes sociais para compartilhar experiências pessoais com a traição de seus parceiros, mas o que tem levado à internet à loucura são os métodos inimagináveis com as quais as "detetives conectadas" usam para chegar à conclusão de que eles estão sendo infiéis.

De itens fora do lugar a reflexos em superfícies lisas, passando pela velha checada no Google e nas redes, essas internautas seriam candidatas fáceis a capítulos de CSI e, apesar de não perdoarem e não seguirem com seus parceiros, ganharam apoio e acolhimento de todas as partes do mundo, onde suas histórias repercutiram.

Uma das histórias recentes mais curiosas foi a de Kayla, que compartilhou seu relato no TikTok. Ela mostrou uma foto que seu namorado a enviou, para dar a entender que ele estava sozinho em casa, cozinhando. Acontece que, no painel sobre o fogão, com zoom e muita imaginação, ela identificou longas unhas brancas e um smartwatch rosa.

"Tem que fazer melhor, cara", disse ela na legenda. Quem se arrisca a enganá-la?

Megan-Marie queria saber onde seu parceiro estava. Ele enviou uma foto para ela e declarou que estava vendo as Olimpíadas com alguns amigos. Acontece que, com um olhar atento, ela percebeu que no reflexo do móvel da televisão, aparecia um par de pernas femininas.

Eu outras palavras, esse romance, caiu do pódio.

Thea Loveridge levou a ideia de se vingar de uma traição a outro nível. Ela descobriu que estava sendo traída quando seu companheiro foi preso e a amante dele começou a enviar uma série de mensagens. Ela aproveitou o período em que ele esteve na prisão para pregar uma peça na mulher.

"Mandei mensagem para ela e falei que ele tinha morrido", declarou Thea. "Eu convenci a irmã dele a entrar na mentira também. Fizemos um funeral falso e tudo".

E mais: segundo a jovem, até a hoje a moça acha que o amante está, de fato, morto.

Talvez a grande moral da história aqui seja: cuidado com as fotos que você manda. Uma mulher recebeu selfies de seu marido, que ganhou um 'vale-night' em um hotel-cassino. Acontece que ela se tocou que havia alguns itens "diferentes" nas imagens.

Ela observou um alisador de cabelo, também conhecido popularmente como "chapinha". A mulher ainda disse que, além do acessório de beleza, que o marido não usa, notou uma bolsa (ao lado direito das selfies), que não era do amado, no chão.

Pouco depois, o casamento dos dois acabou.

Uma usuária do TikTok contou uma história triste no último dia 1º. Ela descobriu que estava sendo traída após pesquisar o nome do namorado no Google e descobrir que ele tinha um filho gerado durante o relacionamento dela com o agora ex. Pris conta que a vontade surgiu sem motivo, apenas por curiosidade e que ele não tinha perfil nas redes sociais. Agora já dá para saber o porquê.

ID: {{comments.info.id}} URL: {{comments.info.url}}

Por favor, tente novamente mais tarde.

Não é possivel enviar novos comentários.

Apenas assinantes podem ler e comentar

Ainda não é assinante? Assine já.

Se você já é assinante do UOL, faça seu login.

O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Londres – No ano em que o assédio online e offline a mulheres jornalistas se tornou mais frequente, duas decisões...